10 dicas para tornar uma boa equipe….ótima!!

Thiago Brant

Thiago Brant

Hoje logo cedo recebi um ótimo artigo pelo Medium com o mesmo título que estou usando (original em inglês: “10 tips to make a good team ….great!!”, de Sandeep Chadda (Principal Lead Product Manager na Microsoft) e resolvi trazer aqui como um artigo de forma comentada, já que muito do que vemos no Management 3.0 tem relação com essas 10 dicas!

Então vamos ver como usar o Management 3.0 para tornar uma boa equipe….ótima!! E já vou direto ao ponto, dica por dica!

1. Haja deliberadamente para construir uma grande equipe

O autor do artigo começa com esse toque para os gestores: uma ótima equipe não acontece por acaso, você precisa colocar esforço nisso! Você precisa pensar sobre qual cultura você quer colocar no time para ser ótimo, e refletir sobre o que você tem feito.

Essa dica me faz lembrar uma frase de W. Edwards Deming que eu costumava citar nos workshops Leading SAFe:

Um sistema deve ser gerenciado. Ele não se gerencia sozinho. 

Pra quem não sabe, Deming é uma grande inspiração para o Management 3.0. Ele que idealizou o princípio 95/5 que inspirou o princípio mais célebre do M3.0: “Gerencie o sistema, não as pessoas”.

2. Defina uma visão inspiradora

A dica número 2 é essencial! Sandeep nos diz:

Uma grande equipe requer um grande propósito para funcionar

E eu tenho absoluta certeza disso! Tanto que às vezes costumo dizer que a visão número 3 do Management 3.0 – “Alinhar Restrições” – é, se não a mais importante, no mínimo essencial para que todo o resto funcione.

É em “Alinhar Restrições” que fica um dos meus módulos preferidos – “Significado e Propósito”, que nos ajuda a entender e definir propósito de empresas e equipes, e ajudar as pessoas a encontrar significado em seu trabalho.

Não foi fornecido texto alternativo para esta imagem
O IKIGAI é uma ótima ferramenta para trabalhar propósito

Esse módulo está até passando por uma atualização para trazer ainda mais prática para a criação do propósito das equipes. Fique de olho!

3. Contrate talentos que se alinhem com a visão

Depois que a visão for criada, entenda as habilidades necessárias para alcançá-la. Em seguida, recrute membros que demonstrem as habilidades certas para se destacarem em suas respectivas funções, o que pode contribuir para o sucesso da equipe.

É assim que Sandeep introduz essa dica, e nessa pequena frase ele já traz à tona dois importantes tópicos tratados no Management 3.0:

  1. Desenvolver competências: aqui é introduzida uma ferramenta da qual sou fã por sua simplicidade e poder: Matriz de Competências. Algo fácil de implantar e utilizar no dia a dia, e que pode trazer inúmeros desdobramentos. Entre eles, exatamente o que o artigo diz sobre entender as habilidades necessárias para alcançar a visão.
  2. Contrate ótimas pessoas: esse é um módulo muito importante do M3.0, com abordagens super valiozas para atração e seleção! Entre elas, a própria Matriz de Competência pode ser uma grande aliada para ótimos processos seletivos e para cumprir essa terceira dica!
Não foi fornecido texto alternativo para esta imagem
Contrate Ótimas Pessoas

4. Promova uma responsabilização clara

Reflita se os membros da sua equipe se sentem confusos e inseguros sobre suas funções, responsabilidades e expectativas.

Esse é um ponto critico na gestão moderna: trabalhar a responsabilização (accountability) é essencial, mas nada fácil! Mas se olharmos com carinho, dá pra ver que não é também um bicho de 7 cabeças.

Eu diria que todas as visões de gestão do Management 3.0 de certa forma vão acabar colaborando para isso, mas eu citaria em específico a visão número 2 – “Empoderar Equipes” – que é onde tratamos de Delegar e Empoderar, e os 7 níveis de delegação. Pra mim, uma das ferramentas preferidas (com o Delegation Poker de Delegation Board) e que trabalham exatamente em cima da responsabilização.

Essa atividade promove transparência e clareza de responsabilidades e papéis, e pode ser chave para uma equipe auto-organizada. Nós abordamos nesse módulo do M3.0 algumas armadilhas (profecia auto-realizável, accountability e micro-gestão) e trazer antídotos para as três colabora para equipes mais poderosas.

Não foi fornecido texto alternativo para esta imagem
As armadilhas da gestão

5. Dê a eles um caminho

…você precisa garantir que cada membro também tenha espaço para crescer. Cada membro deve se sentir desafiado com o que vai fazer.

Aqui também cabe dizer que o Management 3.0, em geral, favorece esse ponto em sua totalidade. Várias das visões e práticas vão contribuir para que se criem caminhos de desenvolvimento para as pessoas. Uma visão eu já citei, desenvolver competências, trata diretamente desse tópico.

Mas aqui eu também destacaria o Moving Motivators, já que entender a motivação de cada individuo pode contribuir para encontrar caminhos mais individualizados de crescimento. Alguns vão se apegar mais a um grande propósito, outros preferem grandes desafios, e muitos podem estar em busca de reconhecimento e status.

Não foi fornecido texto alternativo para esta imagem
Moving Motivators do Management 3,0

6. Preocupe-se com a equipe

Essa sexta dica pode trazer uma continuidade do que falei anteriormente sobre Moving Motivators, pois é uma ferramente que pode contribuir para que os membros da equipe preocupem-se uns com os outros.

E levando em consideração os pontos listados no artigo, que cabem ao líder, que trata-se de:

  • oferecer oportunidades
  • construir um espaço de aprendizagem e desenvolvimento contínuos
  • mostrar vontade de se conectar com cada indivíduo da equipe
  • ter interesse sincero no crescimento da sua equipe
  • conhecer os pontos fortes e fracos dela

Também diria que todo o Management 3.0 contribui para isso, já que é uma forma de pensar a gestão voltada exatamente a possibilitar crescimento, aprendizagem, conexão e bom uso das potencialidades de equipes e individuos.

Destaco aqui também o desenvolver competências, individuos e interações e alinhar restrições, que são tres temas do M3.0 que vão de encontro a essa dica.

Dica: eu escrevi um artigo uma vez onde conto uma dinâmica ótima que costumo usar para criar esse ambiente de cuidado mútuo: Uma retrospectiva para criar unidade e confiança!

7. Promova uma cultura de confiança

Confiança e respeito são como as duas rodas de uma bicicleta

Isso também é algo totalmente inerente ao Management 3.0. Eu já citei sobre o Delegar e Empoderar que é um módulo que trata muito sobre desenvolver confiança nas equipes e, somado a Valores e Cultura, traz uma dupla imbatível para criar respeito e confiança.

No M3.0 fazemos isso cultivando valores e desenvolvendo uma grande cultura. Em minhas aulas eu sempre cito a conexão entre esses dois tópicos e o quanto que o Delegation Poker pode contribuir para construir uma cultura de transparência e confiança.

8. Reconheça o comportamento correto

Incentive comportamentos alinhados aos objetivos da equipe e promova uma cultura de excelência

Há vários mecanismos trabalhados no Management 3.0 que podem levar a reconhecimento, principalmente baseado em comportamentos. No próprio módulo de valores e cultura eu costumo mostrar como podemos usar Kudo Cards personalizados para fortalecer comportamentos e valores.

Não foi fornecido texto alternativo para esta imagem
Kudo Cards do Management 3.0

Quando se trata de recompensas, a ideia das 6 regras para recompensas e o Merit Money (que aplica essas regras) são duas ótimas ferramentas para criar uma cultura de reconhecimento.

Não foi fornecido texto alternativo para esta imagem
Merit Money

9. Construa uma cultura de melhoria contínua

Management 3.0 tem uma visão inteira dedicada a melhoria contínua, a sua sexta visão:

Melhorar Tudo: Pessoas, equipes e organizações precisam melhorar continuamente para adiar o fracasso pelo maior tempo possível.

O autor também fala sobre cultura de feedback nessa dica e, pra mim, o M3.0 é fera nesse assunto! O Feedback Wrap é uma ferramenta incrível para potencializar os feedbacks e levar as pessoas ao crescimento. Eu também já falei sobre ele em um dos meus artigos.

E o Celebration Grid, do qual já falamos em um evento que está disponível no Youtube, também é uma ótima ferramenta para criar ambientes seguros para experimentação, aprendizado e melhoria.

Não foi fornecido texto alternativo para esta imagem
Celebration Grid do Management 3.0

10. Promova líderes fortes

Grandes líderes criam mais líderes, não seguidores.

Essa frase de Roy T. Bennett abre o workshop Agile Team Leadership, que é o workshop de follow up do Management 3.0 dedicado a contrução de grande equipes. E ela já dá o tom do que acreditamos: o bom líder é aquele capaz de desenvolver e permitir outras lideranças.

A prática do M3.0 leva a um ambiente mais colaborativo e participativo, que possibilita que novas lideranças emerjam e possam ser desenvolvidas.

Referências

  1. Artigo original no Medium: 10 tips to make a good team ….great!!
  2. Livro Management 3.0
  3. Livro Liderando para a Felicidade
  4. Assine o Aginews no Linkedin
  5. Workshop Agile People Leadership do Management 3.0 (esse workshop é sobre desenvolver ótimos líderes de pessoas, e trata de muitos pontos citados nesse artigo).

Sugira algo aqui

Cookies

Utilizamos cookies para personalizar o seu conteúdo e melhorar sua experiência com a Agilers. Utilizamos cookies também para analisar a navegação dos usuários e poder ajustar a publicidade de acordo com suas preferências.

Saiba mais sobre os cookies em nossa Política de Cookies