Matriz de Competências do Time

Picture of Thiago Brant

Thiago Brant

Uma ferramenta simples do Management 3.0 (se feita como foi proposta), mas bem poderosa é a Matriz de Competências do Time (Team Competency Matrix). Eu resolvi aplicá-la em sua forma mais simples possível em duas diferentes situações, e vou contar aqui um pouco como foi isso.

O propósito dela é você verificar quais competências você necessita em um time, e avaliar o que você tem já instalado, conseguindo identificar o gap entre essas duas coisas. E é simples porque você classifica essas competências em 3 categorias: novato, praticante e expert. Geralmente usa-se as cores vermelha, amarela e verde para essas categorias:

No meu time na empresa usamos o padrão mesmo, com a legenda acima. Na minha empresa Agilers, optamos por incluir um quarto nível, para identicar uma necessidade específica, e ficou assim:

Uma outra etapa é definir as competências. No meu time foram competências presente no mundo dos dados (somos uma equipe de inteligência de dados), e no Agilers são as competências do mundo ágil que ensinamos em sala de aula e aplicamos no dia a dia:

A grande diferença dessas imagens é que no meu time usamos o Excel e no Agilers usamos o Miro. Ela pode ser aplicada em diferentes ferramentas e é muito simples de criar a estrutura.

Depois de definidas as competências, podemos indicar a necessidade desses itens. No meu time, colocamos somente o nível mínino (ao menos uma pessoa) requerida naquela competência, e no Agilers ainda não foi necessária essa discussão:

Aí cada membro do time avalia seu nível de competência em cada item:

No meu time usamos números (1, 2 e 3), assim temos uma apuração automática (muito mais pessoas e muito mais competências). No Agilers, só usamos as cores, e a apuração foi manual, resultando na capacidade instalada:

E a partir daí dá pra estudar os GAPs. No caso do Agilers, fazemos isso só olhando para os números acima. Já no meu time, o Excel nos ajuda apontando os “vilões”:

Pronto, agora já sabemos quais necessidades estão ou não preenchidas, e assim podemos traçar os planos de ação para solucionar os GAPs, entendendo como seguir:

  1. Capacitação dos membros existentes do time?
  2. Contratação de novos membros com as competências necessárias?
  3. O que fazer com as competências que ainda não temos instalada?

Dentro do meu time de dados, a próxima etapa será ligar as competências do time ao propósito da equipe (escrevi um outro artigo sobre isso) e entender as aspirações de carreira de cada um, para podermos traçar um plano de estudos e capacitações, fortalecendo as competências do time, sempre alinhado ao nosso propósito.

Ta aí a planilha completa do meu time:

E o resultado final do Agilers:

E além de tudo, fica bonito pra caramba, não é? E acreditem em mim, é muito fácil de colocar em prática! E as possibilidades de uso dessas informações são quase infinitas.

Aqui estão as referências:

Cookies

Utilizamos cookies para personalizar o seu conteúdo e melhorar sua experiência com a Agilers. 

Saiba mais sobre os cookies em nossa Política de Cookies