O que é ser um Agile People Coach?

Thiago Brant

Thiago Brant

No início do mês nós formamos pela Agilers a primeira turma de Agile People Coaches em português e no Brasil! Foi um ciclo fechado com chave de ouro, depois de mais de 20 encontros sensacionais com muita troca de experiência e aprendizado. Foi sem dúvidas uma grande co-criação, onde eu aprendi e cresci muito também.

Então nada mais justo do que contar um pouco sobre como foi essa experiência e o que é ser um Agile People Coach.

Primeiramente, faço referência a origem do termo. Pia-Maria Thóren, criadora da Agile People, inspirada pelo framework do Agile Coach criado por Lyssa Adkins, e intrigada por alguns gaps que observamos no dia a dia das organizações ágeis, desenhou esse papel de maneira incrivel! E você pode ver o que ela mesmo diz, em detalhes, nesse artigo escrito por ela mesma!

Esse novo “framework” descreve alguns papéis que não apareciam no Agile Coach, e trazem uma grande diferença para atuação nesse mundo ágil. Olha só quais são:

Papel de Líder/Explorador:

Eles podem tomar decisões difíceis quando ninguém mais está disposto a assumir a responsabilidade. Eles são capazes de explorar diferentes estratégias e considerar uma ampla variedade de fatores ao tomar decisões: o cenário competitivo, tendências de mercado, as paixões e competências das pessoas e as vantagens / desvantagens para a organização como um todo..

Papel de Mestre da Agilidade:

Todos os Agile People Coaches devem ser mestres em ágil, o que quer dizer que contribuem com ferramentas, métodos, práticas e princípios ágeis e Lean e têm profunda experiência no uso do Agile em uma variedade de setores ou situações – Scrum, Kanban, OKRs, e outras estruturas ágeis ou Lean – e sabe quais ferramentas são certas para um determinado cenário ou problema. Se as ferramentas exatas não existirem, o mestre em agilidade pode adaptar outra coisa ou criar a solução certa do zero.

Papel do Profissional de RH:

Esse indivíduo tem experiência como parceiro de negócios, gerente ou especialista de RH. Eles têm um conhecimento geral sólido do que motiva as pessoas e podem ter conversas difíceis para inspirar as pessoas a se destacarem. Eles também são a única função na organização que lida com negociações sindicais e têm competência em torno da legislação trabalhista e das regulamentações sociais.

Papel de Guia:

O guia tem um conhecimento profundo sobre o lugar específico em que você está ou o tópico específico com o qual está lidando agora. Eles o levam em uma jornada para entender o processo e, muitas vezes, ensinam ou facilitam exemplos, histórias e conhecimentos. Um guia pode demonstrar ou compartilhar informações interessantes sobre a história da organização, pois provavelmente já existe há algum tempo. Finalmente, eles intervêm para ajudar as equipes a evitar armadilhas específicas, sabendo exatamente o que são e como superá-las.

Papel de Navegador:

As organizações e equipes ágeis geralmente lidam com situações e desafios altamente complexos. A tendência humana é buscar a saída mais fácil (melhores práticas) ou copiar o que os outros estão fazendo, mas situações complexas requerem um processo de experimentação: sondar, sentir, responder. Um navegador se sente confortável com a complexidade e ajuda as equipes a adotar uma mentalidade de explorador para que possam: enquadrar o problema, formular uma hipótese, projetar experimentos seguros para falhar, aprender rapidamente o que funciona e o que não funciona

Papel de Observador:

Dependendo das necessidades do seu pessoal, você assume uma função diferente para apoiá-los. O papel do observador reflexivo é aquele espaço no meio das coisas, onde ao invés de tirar conclusões precipitadas ou reagir muito rapidamente (e possivelmente de forma errada), você pode descobrir o que está acontecendo com a equipe e como você pode melhor ajudá-los em qualquer cenário que eles estão dentro.

E tem essa imagem que representa bem o observador! Lembro até hoje de ter compartilhado isso no linkedin quando estava fazendo essa formação com a própria Pia-Maria. Achei muito a minha cara!

Desafiador, hein?

Mas a trajetória para se torar um Agile People Coach com Agile People é uma verdadeira experiência prática e vivencial, que constrói essa gama de capacidades de forma gradativa. A formação Agile People Coach segue um trilha que compreende quatro formações que endereçam esses desafios do papel:

  • Agile People Fundamentals: As bases da agilidade construídas sobre os Principios de Agile People, navegando sobre a mentalidade desde a construção da segurança psicológica, estruturação do eco-sistema organizacional, cultivando uma cultura ágil e criando condições para mudança.
  • Agile People HR: Apresenta a abordagem ágil de Pessoas e como incorporá-la aos processos tradicionais de RH. Aprenda como agregar valor à sua organização aplicando técnicas como Scrum e Kanban, revendo temas como Metas e Desempenho, Salários e recompensas, Aquisição de talentos e onboarding, Engajamento dos Colaboradores e Aprendizado e Desenvolvimento.
  • Agile People Leadership: Lhe dará uma compreensão holística da liderança ágil e o que isso significa para o indivíduo, a equipe e toda a organização, trabalhando inteligência emocional, comunicação, feedback e o desenvolvimento do seu estilo de liderança.
  • Agile People Coach: Você aprende como treinar as pessoas para encontrar um lugar onde elas possam ser o melhor que podem ser e criar condições para que as pessoas atuem juntas, usando competências de coaching, motivação e coaching de conflitos.

E essa turma passou por tudo isso! Foram muitas noites de trocas, com muita dinâmica e exercicios para aplicar, já durante as aulas, todos esses conceitos. Mas não pense que é algo pesado ou cansativo. Pela natureza como as aulas foram construídas, o tempo é muito bem aproveitado e acabamos nem piscando os olhos! Quando vemos, já estamos distribuindo kudos como é tradição ao término de cada aula.

Ter topado todo o processo de tradução desse material, reconstrução de todas as dinâmicas para a nossa língua, gravação de toda a parte teórica em videos (que são disponibilizados no campus online para as turmas) e depois facilitado todas as sessões foi uma experiência engrandecedora para mim! Um processo que me trouxe muito aprendizado e muita satisfação.

E ter contato com uma turma 01 de excelentes profissionais fez toda a diferença. Pessoal mandou bem d+!

Fico por aqui já contando as horas para o novo ciclo que começa em novembro de 2021, ainda melhor e com mais novidades

Sugira algo aqui

Cookies

Utilizamos cookies para personalizar o seu conteúdo e melhorar sua experiência com a Agilers. Utilizamos cookies também para analisar a navegação dos usuários e poder ajustar a publicidade de acordo com suas preferências.

Saiba mais sobre os cookies em nossa Política de Cookies